Curiosidades

Roadies – Eles fazem o show acontecer!

Você muito provavelmente já deve ter ido a um show, certo? E por mais que você se concentre no artista, é quase inevitável não notar alguns profissionais que ficam nos palcos dando suporte aos cantores e aos músicos. Geralmente eles passam despercebidos pela maioria das pessoas e/ou até parecem coadjuvantes no show, mas a verdade é que eles são peças fundamentais na preparação e no andamento do espetáculo. E é sobre eles e elas (sim, elas também mandam ver na profissão!) que vamos falar ao longo deste artigo.

Palco fitado pelo André Felipe Cenci, roadie do Vitor Kley (imagem do Tony Santos)

De fato, não havia como não estrear este primeiro mês do blog e não dedicar um texto que não fosse sobre os roadies e as roadies, afinal a própria Roadie Store foi fundada por um roadie apaixonado pela profissão, o Augusto Vieira, que acumula em seu currículo trabalhos com grandes artistas como Luan Santana, Gabriel Valim, Fernando & Sorocaba dentre outros artistas.

Aqui na Roadie nós atendemos diariamente muitos roadies, músicos, produtores, profissionais de shows e eventos em geral. Ter esse contato com roadies dos mais variados artistas nos permite conhecer todas as necessidades que vão desde produtos, ferramentas até as mais diversas preocupações e desafios desta profissão.

Antes de continuarmos, é preciso saber melhor o que é ser um(a) roadie e o que um(a) roadie faz.

O roadie André Cenci em ação pela equipe Vitor Kley (imagem do Tony Santos)

Há quem pense que a vida de um(a) roadie é glamurosa pelo simples fato de estar perto dos artistas ou por eles/elas viajarem por diversas cidades e países em turnês, mas a verdade é que vida de roadie não é para qualquer um.

Para ser roadie tem que realmente amar esse trabalho. A vida de roadie exige muita dedicação à profissão uma vez que sua rotina gira em torno da agenda do artista ou da artista que ele trabalha. Muitas vezes um show cai na data do próprio aniversário do(a) roadie, num réveillon, no natal ou até mesmo numa data que ele(a) gostaria de estar passando com a família, com os amigos ou estar curtindo qualquer outro momento de lazer.

A essa altura do texto você já deve estar se perguntando “Ok, entendi essa parte, mas o que os roadie fazem pra ser tão importante a presença deles no show?”

Vamos lá, eu respondo essa.

Para quem não conhece ou não sabe quem são, os roadies são aqueles profissionais que acompanham uma banda ou artista em shows e apresentações. Eles cuidam de todos os detalhes da montagem e desmontagem do palco, montam e afinam os instrumentos, verificam áudio e passam o som dos instrumentos para garantir que tudo fique tecnicamente bem organizado, devidamente ligado e do jeito que os músicos e os produtores gostam.

Durante o show, o(a) Roadie fica ligado no “220” sempre atento a tudo e a todos. Sua função, claro, é cuidar de qualquer problema que aconteça em cima do palco e é dar o melhor suporte possível para os músicos e para os artistas.

Ser roadie exige que a pessoa tenha um conjunto de habilidades, podendo ser um conhecimento técnico sobre música, instrumento musical e/ou características pessoais e profissionais.

Equipe VK nos ajustes antes do show (imagem de Tony Santos)

Muitos Roadies são especializados em alguns tipos de instrumentos e é muito comum encontrarmos acompanhando uma banda, um Guitar Tech (roadie especializado em guitarra), um drum tech (roadie dedicado à bateria) ou até mesmo um Bass Tech (roadie dedicado ao baixo).
Para ser Roadie não é necessário ser músico, mas é super importante e necessário um conhecimento mínimo da parte técnica, de produção e/ou claro, de música. Mais importante, para ser um Roadie, você precisa ser organizado, ser proativo e ter atenção máxima aos detalhes que vão desde demarcar um palco de forma bem feita até a colocação de cordas de um instrumento, uma vez que a função do roadie é, repito, de fato garantir que todos os preparativos sejam bem executados para o show acontecer perfeitamente sem imprevistos.

Agora vamos falar de algo ainda mais importante: Os Desafios da Profissão.

Apesar da figura do roadie estar presente há alguns anos na indústria musical, existe alguns grandes desafios pela frente como por exemplo a tão sonhada regulamentação da profissão.
Infelizmente ainda hoje o Roadie não é reconhecido como uma profissão pelo nosso governo. E isso é quase inacreditável porque estamos falando do mercado musical (fonográfico) que está entre os 3 maiores do entretenimento, em termos de faturamento, junto com cinema e games.

Outra coisa, muitas vezes o roadie tem que se enquadrar em categorias que são do mesmo ramo, mas que não é a categoria específica “roadie” para poder ter benefícios quando busca um registro de Micro Empreendedor Individual, o famoso “MEI”. (Nem isso, galera! Lamentável…)

A verdade é que o desafio de ter a profissão devidamente reconhecida vai exigir união da classe, diálogo, pressão e boa vontade por parte de nossos representantes políticos para que tenhamos o reconhecimento da profissão. Mas uma coisa é clara, esse cenário precisa mudar e vai mudar, afinal os roadies fazem o show acontecer!

10 comentários

  1. Gostei do artigo, só senti falta de incluir nós, As Roadies , quando se referem a pessoas que tem essa profissão, é sempre Ele, um, sei que é recente nossa inserção no mercado , de mulheres e trans Roadies , mas estamos aqui também 🙂
    Acompanho vcs e achei importante falar ! Abraço

    Curtir

    1. Oi Carol, poxa, peço desculpas por esse ato falho.
      Você tocou num ponto muito importante e por isso vou melhorar o texto porque nosso cenário precisa ser representado e apresentado da forma como ele é: inclusivo.

      Obrigado por acompanhar a Roadie e pela contribuição no comentário.
      Abração!

      Curtir

  2. Sou Elisa e comecei como roadie 2019 através de grupo de mulheres que já eram na área de formação universitária em Recife. Nós do @nativa atuamos em Recife e somos uma coletiva de roadie, técnicas de PA, operadoras de mesa, instrumentistas, produtoras… Fico muito feliz por essa matéria! e quem sabe escreve sobre nossa coletiva! hábraços

    Curtir

  3. Ola bom dia, Trabalho como Roadie a 30 anos, aqui no sul, caxias do sul, Porto alegre, na estrada com as Bandas e locadoras, produtoras, percebi que aqui no sul, a tabela de caches não é Respeitada nem pelo proprio sated sindicato, então vi e fui trabalhar com audiovisual, que o caches é bem melhor e já vem definido na planilha, fica a pergunta porque aqui no sul não Respeitão a tabela de caches dos Proficionais de espectáculos, atualmente estou morando em Florianopolis, e aqui também não Respeitão a tabela de caches, Parabéns a todos os Guerreiros proficionais que não desistem nunca, Roadies, téc PA, téc monitor, téc de luz, téc painel led, téc cenario, produtores, segurança, motorista, camareira de camarim, téc de geradores, equipes de som, luz, led, palco e estruturas etc, Parabéns, Parabéns a todos, Parabéns á Roadie Store obrigado.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: